Tags

Tenho sofrido de grande, grande, GRANDE, vergonhosa, fraqueza espiritual. Ela se reflete, de maneira notável, na minha leitura bíblica, praticamente ausente no dia a dia. Espero que esta ferramenta que surgiu no meu coração, este bio-log (blog) sobre o Senhor Jesus, me traga mais ânimo para ler, ao ter a oportunidade de compartilhar. E desejo, logo mais, dar início a este compartilhar, que começará no evangelho segundo Marcos.

Mas, neste momento, queria somente dizer que tive algumas dúvidas sobre o título que teria este site:

  • Odes a Jesus?
  • Odes a Cristo?
  • Odes a Jesus Cristo?
  • Odes a Cristo Jesus?

 

Ode, segundo o dicionário Michaelis.


"Odes" já estava mais ou menos definido em minha mente — ode é um termo que designa um tipo poético muito específico, que escolhi adotar simplesmente no sentido de poesia.

Mas como eu chamaria Aquele sobre quem escreverei meus pensamentos (ou minhas odes)? "Jesus é o Cristo" (1ª João 5:1), e "Jesus Cristo é o Filho de Deus" (Atos 8:37); sabemos que Cristo é o título de Jesus, que significa, em grego, ungido, escolhido (o mesmo que Messias em hebraico). E Jesus é o nome dado ao Cristo quando este assumiu um corpo humano.

Com base nessa reflexão, eu pensei: vou falar sobre o meu Cristo, que é quem é para mim porque Ele veio para me salvar, e demonstrou Seu amor de forma tão completa que Se entregou por mim! E esse Cristo é tudo isso para mim porque decidiu, junto com o Pai, vir em carne, e este é Jesus. Jesus, um nome de origem hebraica que significa Jeová é Salvação. E quero apreciá-lO sob a ótica dos evangelhos, que falam de Sua vinda em carne, e este é Jesus. Sim, Jesus é o Cristo, somente Ele o é, mas podemos destacar Seu caráter messiânico, Seu título como Cristo, ou Sua descida ao mundo, Deus feito homem, sob Seu gracioso nome de Jesus. Eu escolhi este nome para intitular o bio-log espontâneo e simples que ora se apresenta para nós.

Obrigado por ler.