Qual é o problema com a masturbação? (A Bíblia para Mim 08)

Este é o esboço textual pensado para a produção do programa em áudio A Bíblia para mim, episódio 08. O programa pode ser escutado em abibliaparamim.antoine.com.br.


08 Qual é o problema com a masturbação?

O que há de errado com a masturbação? Sim, o que há de errado? Porque nós, crentes, tendemos a dizer em alto e bom som que não deve, que não pode, mas, quando perguntam o porquê, não sabemos.

A bíblia não fala expressamente a respeito, assim como não fala literalmente de muitos outros assuntos importantes, mas por ela podemos obter o discernimento para todas as coisas (1Co 2:15). Ela dá orientação e direção suficientes para toda a nossa vida, então, vamos ler um versículo: Filipenses 4:8: “Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.”

Infligir-se prazer sexual a si mesmo, pela manipulação dos órgãos íntimos, dificilmente se enquadraria nessas virtudes. Mesmo que não seja trazido nenhum pensamento para o ato — o que é improvável —, não se trata de algo que tenha boa fama, nem há nesse ato qualquer louvor.

“Não porei coisa má diante dos meus olhos” (Sl 100:3). É mau o pensamento pornográfico e até mesmo o desejo de ver tais coisas. O ato sexual é devido ao homem para com sua esposa, essa é a pureza, a beleza e o bom prazer de Deus ao ter-nos dado esse tipo de sentido corporal. Para evitarmos qualquer coisa diferente disso, 1ª Coríntios 7:5 diz aos casados: “Não vos priveis um ao outro, senão por consentimento mútuo, por algum tempo, para vos aplicardes ao jejum e à oração; e depois ajuntai-vos outra vez, para que Satanás não vos tente pela vossa intemperança”.

Por fim, não somos mais de nós mesmos, mas fomos comprados com a vida de Jesus Cristo, que deu a Sua vida por nós. 1ª Coríntios 6:20: “Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus”. Gálatas 2:20: “Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé no Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim”. Quem pertence de corpo, alma e espírito a Deus não busca o seu próprio prazer, as tem a sua visão no céu, para agradar ao seu divino Senhor.


Eu me despeço em nome do Senhor Jesus.

Comentários

Mais lidos ultimamente

Doença da Eritreia

Em ordem de gostosidade

Zaqueu e João o Batista, Homens de Valor